Username:
Senha: Esqueceu sua senha? Lembrar Senha. Cadastre-se
História da Conquista Sexual


Noticias:

Todas as notícias de História da Conquista Sexual:

Início -> Sexo -> História da Conquista Sexual

Casanova foi um homem dotado de grande erotismo. Ele amava as mulheres que desejava e desejava as que o amavam. Nascido em Veneza em 2 de abril de 1725, Giovanni Jacopo Casanova relatou em suas "Memórias" as suas aventuras sexuais mantidas com 116 mulheres, citadas nominalmente na obra e pertencentes a todas as camadas sociais da população. Antes de ele nascer, a figura ficcional de Dom Juan já havia sido inventada (no século XVII). Até onde chega a influência dessas duas figuras?

Muitos vêem na figura mítica de Dom Juan um homem ardente e sensual, mas há controvérsias. O traço de caráter mais dominante que podemos descobrir nele é o desejo de domínio, confirmando a antiga intuição de que onde falta o amor surge o impulso para o poder. Ele está obcecado em provar, a cada momento e em qualquer circunstância, que é viril e atraente. Dom Juan é um homem que duvida profundamente de sua virilidade.

Em contraposição a Dom Juan, que em sua qualidade de frio caçador não via na mulher senão a presa a conquistar, Casanova em geral brindava suas parceiras com um jogo erótico verdadeiramente carinhoso e não queria humilhá-las. A mulher que se entregava a ele podia contar com sua ternura e carinho.

No entanto, essa aventura sexual, muitas vezes confundida com amor, não é tão passional e comovedora quanto possa parecer à primeira vista. O curso vital de Casanova é uma fuga constante em face do amor. Escapou dele com toda a habilidade de sua personalidade de espadachim, com mil escusas e manobras, que ele mesmo não chegou a compreender. Entregou-se tão apaixonadamente aos braços do sexo porque encontrou nele um recurso contra o amor.

Tal personalidade constitui um tipo bastante comum no mundo masculino contemporâneo. Muitos homens são "casanovas" no sonho e na prática. O mito de Casanova significa um ideal discutível de masculinidade: a auto-afirmação por meio da conquista sexual.

Ninfomania é a variante do comportamento sexual em que a mulher se sente ansiosa para mudar constantemente de parceiros, não estabelecendo um relacionamento pessoal estável com nenhum deles. A exemplo do que ocorre no homem "casanova", o sexo é relevante para a mulher ninfomaníaca: não em termos de gratificação erótica, mas como uma maneira de satisfazer a necessidade de auto-afirmação.

Quanto ao desempenho sexual propriamente dito, a ninfomaníaca, embora experimente excitação, raramente chega a atingir o orgasmo. O que a deixa quase sempre frustrada e a leva a procurar novas experiências eróticas. Na maioria das vezes, a escolha dos parceiros não obedece a qualquer critério preestabelecido. Em geral essa escolha recai principalmente sobre pessoas desconhecidas, com as quais a ninfomaníaca não mantém ligações afetivas.

Messalina, mulher do imperador Cláudio Primeiro (10 a.C. — 54 d.C.), de Roma, talvez seja o exemplo mais famoso de ninfomaníaca. No entender de muitos pesquisadores, a exemplo do que ocorre com o homem "casanova", a capacidade da ninfomaníaca de seduzir um número elevado de homens é utilizada com o intuito de fugir de uma autêntica e duradoura relação amorosa.

Jonatas Dornelles
Antropólogo

www.leveiumpenabunda.com.br


 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Dicas sobre sexo.
Dicas sobre dietas.
Dicas sobre cultura.
Dicas sobre dinheiro.
Dicas sobre esportes.
Dicas sobre Namoro
Dicas sobre restaurantes.
Dicas relacionadas com Homossexualidade

Sites Interessantes:

Dicas Viagens Diretório Seguros Diretorio Cirurgía Empréstimos
Anúncios Gratis de ServiçosGuia FenixDiretório IndustrialDiretório Brasil


Início | Chat | Fórum | Cadastre-se | Fale conosco | Recomende este site | Enquetes